17 janeiro, 2007



Vale frisar que é orgânico

Quando estou sozinho,
me toco
e sinto as entranhas
do meu corpo
se deliciando
com a sensação
do auto-conhecimento.

Existe um frisson,
uma coisa que é
tão orgânica,
tão minha,
somente minha.

Tudo aquilo que
penso, faço.

E quem me conhece
melhor que eu?

Mas não podemos
salvar as pessoas
delas mesmas, não é?

Olhando ao redor,
podemos ver aqueles
que vão saber morrer
melhor que nós.

E normalmente os gemidos
naquela hora da agonia
não se igualam ao do gozo.
Embora seja tênue
a linha que tem
separado estes sons.

O bom disso tudo
é que sempre que começo,
fico à espreita do
momento da satisfação,
mas procuro,
como numa busca incansável,
driblar o ápice
para conseguir
algum instante a mais.

E então,
quem sabe,
alcançar um
certo equilíbrio.

(Luís Machado)

5 Comments:

Anonymous Márcio Boas said...

ESSA É PESADA..
ESSA É FODA...
ESSA É O BIXO...

QUEM TE CONHECE MELHOR QUE TU?
QUEM ME CONHECE MELHOR QUE EU?

ESSE EU PODE ATÉ SE CHAMAR LUIS E ESSE TU PODE ATE SE CHAMAR NAINE! ueheuheuehuehuehe... ah só mais uma coisa: VALE FRISAR QUE É ORGÂNICO!

17/1/07 12:27  
Anonymous Elis Dulce said...

Foi muito lindo!
To emocionada ate agora
Eh....
...

Nao tenho palvras mais...

17/1/07 18:34  
Anonymous Arnaldo said...

^^

18/1/07 11:31  
Anonymous suhelen said...

alcançar o equilíbrio e a sensação de auto-conhecimento... parece ser mesmo orgânico.

[mas nem tudo o que eu penso, faço. muito menos falo.]

^^

bjos aos mocitos com nariz de palhaço!

=O)

20/1/07 12:15  
Blogger Pauliccia said...

equilibrio...ah equilibrio...

3/2/07 11:23  

Postar um comentário

<< Home