24 dezembro, 2006



Dias medíocres


Horas ventam
meu lúdico pensar.
Desesperança e desequilíbrio
motivam o naturalismo
dos meus atos.

Nas escadas temporais
calculo meus relacionamentos,
e troco as teorias
para me livrar
dos conceitos.

Mas os conceitos
mostram-me
os erros.
E, no início
de mais um
dia medíocre,
vem o arrependimento
que teima em
querer me calar.

Mas sempre
há o dia do perdão.
Que é como grilhões quebrados.

(Luís Machado)

1 Comments:

Anonymous sukitolina said...

seriam os dias ou as pessoas medíocres???

é... o tempo colabora...

principalmente nessa época do ano...

e que venha logo o perdão então!!!

^^

bjitos

25/12/06 11:30  

Postar um comentário

<< Home